sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Como explicar a Lua


          Dentre tantas perguntas que desafiam o engenho e a arte dos cientistas há a questão do surgimento da Lua. Não do seu nascimento diário no horizonte ao por do sol, cuja explicação se aprende na escola, mas sim, de como ela surgiu em algum momento da longa história do Universo. Admito que dificilmente um casal de namorados, em sã consciência, perguntaria tal coisa durante um passeio ao luar. Pois, acreditem, a resposta pode ser mais poética do que se pensa.

sábado, 20 de outubro de 2012

Camundongos cantores


          Faz tempo os biólogos estudam os mecanismos do canto nas aves. Por exemplo, o cientista Fernando Nottebohm, um argentino radicado em Nova Iorque e professor da Universidade Rockefeller fez, há muitos anos, descobertas notáveis sobre a relação entre o aprendizado do canto de pássaros e os circuitos cerebrais, bem como sobre o papel da geração de novas células nervosas em animais maduros. Mas pássaro cantar não é novidade. Já camundongo cantar é outra história.

sábado, 13 de outubro de 2012

Poucas palavras, outra vez


          Há algum tempo escrevi, aqui no telhado, um texto (Poucas palavras*), sobre um “microconto” apócrifo, de apenas seis palavras, atribuído a Ernst Hemingway. Declarei minha admiração por quem, em texto tão curto, consegue provocar uma história distinta na cabeça de cada leitor.

sábado, 6 de outubro de 2012

Mistérios da Gioconda


          Há uma expectativa de que, finalmente, tenha sido encontrado o esqueleto da mulher que serviu de modelo a Leonardo da Vinci para pintar a Mona Lisa. Como cientista, faço votos de que o trabalho dos arqueólogos italianos seja bem sucedido. Mas, honestamente, não estou lá muito feliz com isso.