sábado, 19 de dezembro de 2015

A Ciência Brasileira precisa de apoio

Prezados leitores

Excepcionalmente, este blog abre as portas para um apelo, em nome da comunidade científica do Estado do Rio de Janeiro.

Peço que leiam o texto abaixo e compartilhem com todos que almejam o progresso do país. A aprovação da proposta de emenda à Constituição do RJ, mencionada a seguir, ou outra semelhante em qualquer Estado da Federação, poderá se tornar o estopim para uma longa jornada nacional rumo ao obscurantismo.

--------------------------

A comunidade científica do Estado do Rio de Janeiro está em alerta, em defesa da Educação, Ciência e Tecnologia no Estado:

Manifesto à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) contra a PEC que reduz o orçamento para educação e pesquisa no RJ:

     Em qualquer país desenvolvido, ciência, tecnologia e educação não são considerados gastos, e sim investimentos. De fato, não existe país que tenha progredido econômica e socialmente sem um forte investimento nestas áreas. O Brasil, embora tenha feito progressos nos últimos anos, ainda investe pouco em comparação com países desenvolvidos ou que estejam passando por rápido desenvolvimento.

     São de domínio público os grandes progressos feitos nos últimos anos na área de Ciência e Tecnologia no Rio de Janeiro, para os quais foi essencial a existência de um dispositivo constitucional que determina a destinação à Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (FAPERJ) de um percentual mínimo de 2% da receita estadual.

    Porém, tramita atualmente na Assembleia Legislativa uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Deputado Edson Albertassi que reduz de 2% para 1% o percentual destinado à FAPERJ. A PEC propõe também a redução de 35% para 25% da receita do estado destinada à educação, além de extinguir o percentual obrigatório de 6% da receita destinado à Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) .

     Não se trata de um contingenciamento temporário de recursos, mas da destruição permanente do que já foi conquistado. Essa proposta constituiria um golpe fatal na educação, na ciência e na capacidade tecnológica instalada no Rio de Janeiro, comprometendo de forma irreparável as esperanças de desenvolvimento e de superação da crise.

     Conclamamos os deputados estaduais do Rio de Janeiro a se posicionarem de forma firme contra esse assalto às esperanças de um futuro melhor para o povo fluminense.

https://secure.avaaz.org/po/petition/Assembleia_Legislativa_do_Rio_de_Janeiro_ALERJ_Vete_a_PEC_que_reduz_o_orcamento_para_educacao_e_pesquisa_no_RJ/?tGWqVab


Rafael Linden